9 de abril de 2009

Malmaison


Malmaison


Usada pelos mais elegantes gentlemen no final do século XIX, quando era considerada a perfeita fragrância para o dia, Malmaison marcou uma época.

Entre os senhores apreciadores da fragrância, constava ninguém menos que Oscar Wilde (16/10/1854 – 30/11/1900), um dos mais bem-sucedidos e talentosos escritores da era Vitoriana, e figura remarcável da sociedade de então. O dandy Wilde era conhecido por seu gosto impecável, e seu senso estético aguçado. Obviamente, eu fiquei intrigada e apressei-me em descobrir a fragrância preferida de tal personalidade. Poderia dizer que assim começou meu amor por Floris, há vários anos passados.

Esse lançamento de 1860 é ainda hoje considerado a referência número um em matéria de cravos, que aqui são as grandes estrelas. Abrindo com um toque de limão, e imediatamente aquecida pelo aroma da canela e do cravo-da-índia, a flor faz uma entrada triunfal, sendo logo acompanhada pela rosa e o ylang-ylang, numa base de cedro, almíscar, patchuli e baunilha.

O estilo de Floris of London é conhecido pelo caráter relativamente simples de suas criações, que associam perfeitamente naturalidade e refinamento. Malmaison não é exceção, e poderia ser resumidamente descrita como uma fragrância de cravos temperada por especiarias. O aroma de fundo permaneceu por mais e 6 horas na minha pele, continuando perto do campo olfativo.

Dizem que o hotel Savoy, localizado em Strand, no centro de Londres, e inaugurado em 1889, usava a linha Malmaison como oferecimento aos hóspedes. Toda a mítica desse endereço que hospedou personagens como Claude Monet, Sarah Bernhardt, Elizabeth Taylor, Richard Burton, Frank Sinatra, Laurence Olivier e Vivien Leigh, somente para citar alguns, imprime uma aura de glamour a fragrância do escritor que costumava dizer que a vida é muito curta para ser levada a sério.*


"Being natural is simply a pose
"
Oscar Wilde


*Citação de Oscar Wilde - "Life is too short for men to take it seriously."

Ilustrações ~ à direita - Oscar Wilde
~ à esquerda - "New Year's Eve at the Savoy Restaurant in the Savoy Hotel" - gravura do The Illustrated London News, feita por Max Cowper e publicada em 5 de Janeiro de 1907




6 comentários:

Cris Pironi disse...

Nelci!!!

Achei seu blog do te comentário no Vanilla's Lovers do orkut!

Amei o blog, tá luxo!

Bjão!!!

Gaëlle disse...

Oi Cris!

Que prazer em vê-la por aqui!
Ah, obrigada pelos elogios - Fiquei toda feliz!! (rsrss) :0)
Espero que você continue curtindo o blog, que escrevo com muito carinho.

Mil beijocas!

Carlinha disse...

Oi Nelci.
tb achei seu blog através do orkut Vanillas Lovers..Tb sou amante de baunilha..e perfumes!
Parabéns pela organização do blog!
Mto bonito!
bjao

Gaëlle disse...

Oi Carlinha!

Você não sabe como estou feliz de ver minhas amigas do Vanilla's Lovers por aqui!
Amanhã escreverei sobre um perfume abaunilhado que descobri recentemente.
Obrigada pela visita, linda!

Mil beijinhos!

Belita disse...

Oi Gaëlle!

Nossa, adorei a história!!!

Bjos e sucesso com o blog!

Gaëlle disse...

Belita, minha linda!

Que visita boa!
Imagine, toda a aura de Oscar Wilde e Savoy ... Divino!
Darei uma passadinha no Lolli (estou com saudades!).

Beijocas mil!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin