21 de dezembro de 2008

Quelques Fleurs



Quelques Fleurs


O ano de 1912 foi o ano das artes. Marco do início do Cubismo Sintético, tendo como representantes Picasso e Georges Braque, 1912 também foi o ano da famosa coregrafia de Nijinsky, "Afternoon of a Faun". E foi nesse clima de cultura modernista, que ocorreu o lançamento do atemporal Quelques Fleurs.

Criado pelo perfumista Robert Bienaimé para a maison Houbigant, e considerado como o primeiro multi-floral, esse bouquet aldeídico foi de uma extrema modernidade para a época.

O nome da fragrância é uma referência ao emblema da primeira loja de Jean-François Houbigant, "A la Corbeille de Fleurs", que funcionava no n° 19 da Rua do Faubourg Saint-Honoré, em Paris. Durante muitos anos, Quelques Fleurs foi o perfume mais vendido da marca, sinônimo de classe e prestígio.

Uma bela composição onde notas de rosas, violetas, lírios, flores-de-laranjeira, cravos e heliotrópio são balanceadas pela presença do ambre e da bergamota. O efeito geral é um odor doce e encorpado sobreposto a um fundo de tabaco. Eu normalmente não gosto da presença de tabaco nos meus perfumes, mas, no caso presente, as notas são tão leves, que meus preconceitos foram vencidos.

Denso, complexo, feminino e de uma opulência elegante, esse é o tipo de fragrância que atrai comentários. O poder de fixação é ótimo (mais de 6 horas, na minha pele) e um rastro floral doce paira no ar, a cada movimento.

Perfume intimista e romântico, Quelques Fleurs foi usado por um público feminino diversificado. Da clássica Sarah Bernhardt a burlesca Dita Von Teesse, de Kelly Rowland a Nicky Hilton, passando por Nicole Richie, Quelques Fleurs parece transcender diferentes épocas e personalidades.


Ilustração à direita - Frasco vintage de Quelques Fleurs
Ilustração à esquerda - Glass and bottle of Suze, de Pablo Picasso - 1912

2 comentários:

Raquel disse...

Gaëlle
passo correndo aqui para te deixar um link sobre a nossa querida Irlanda, talvez jpá conheças:
http://www.irishinstitute.com.br/archive2.html#flowers
beijocas

Gaëlle disse...

Querida Rachel,

Não tenho palavras para te agradecer por esse link maravilhoso.Obrigada!
Falando em Irlanda, estou com planos de (re)visitar o país na primavera.

Mil beijos,


Gaëlle.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin